10 RAZÕES PELAS QUAIS PRECISAMOS DE 8 ABRAÇOS POR DIA

 

 

Abraçando a terapia é definitivamente uma maneira poderosa de cura . Pesquisas mostram que o abraço (e também o riso) é extremamente eficaz na cura de doenças,  solidão, depressão, ansiedade e estresse.

A pesquisa mostra um abraço profundo apropriado, onde os corações estão pressionando juntos, pode beneficiá-lo das seguintes maneiras:

1. O toque carinhoso de um abraço gera confiança e uma sensação de segurança. Isso ajuda na comunicação aberta e honesta.

2. Abraços podem instantaneamente aumentar os níveis de ocitocina, que curam sentimentos de solidão, isolamento e raiva.

3. Segurando um abraço por um longo tempo eleva os níveis de serotonina, elevando o humor e criando felicidade .

4. Abraços fortalecem o sistema imunológico. A pressão suave no esterno e a carga emocional que isso cria ativam o Chakra do Plexo Solar . Isso estimula a glândula do timo, que regula e equilibra a produção de glóbulos brancos do corpo, que o mantém saudável e livre de doenças.

5. Abraçando aumenta a auto-estima . Desde o momento em que nascemos, o toque de nossa família nos mostra que somos amados e especiais. As associações de auto-estima e sensações táteis de nossos primeiros anos ainda estão imersas em nosso sistema nervoso como adultos. Os abraços que recebemos de mamãe e papai enquanto crescemos permanecem impressos em um nível celular, e abraços nos lembram em um nível somático disso. Abraços, portanto, nos ligam à nossa capacidade de amar a si mesmos.

 

 

6. Abraçar relaxa os músculos. Abraços liberam a tensão no corpo. Abraços podem tirar a dor; eles aliviam as dores aumentando a circulação nos tecidos moles.

7. Abraços equilibram o sistema nervoso. A resposta galvânica da pele de alguém que recebe e dá um abraço mostra uma mudança na condutância da pele. O efeito na umidade e eletricidade na pele sugere um estado mais equilibrado no sistema nervoso – parassimpático.

8. Abraços nos ensinam como dar e receber. Há igual valor em receber e ser receptivo ao calor, em dar e compartilhar. Os abraços nos ensinam como o amor flui nos dois sentidos.

9. Abraços são muito parecidos com meditação e riso. Eles nos ensinam a deixar ir e estar presentes no momento. Eles nos encorajam a fluir com a energia da vida. Os abraços tiram você de seus padrões circulares de pensamento e conectam você com seu coração, seus sentimentos e sua respiração.

10. A troca de energia entre as pessoas se abraçando é um investimento no relacionamento. Encoraja empatia e compreensão. E é sinérgico, o que significa que o todo é mais do que a soma de suas partes: 1 1 = 3 ou mais! Essa sinergia tem maior probabilidade de resultar em resultados ganha-ganha.

Há um ditado de Virginia Satir, uma respeitada terapeuta familiar: “Precisamos de quatro abraços por dia para sobreviver. Precisamos de oito abraços por dia para manutenção. Precisamos de doze abraços por dia para crescer. ” Oito ou mais podem parecer bastante altos, mas enquanto pesquisava e escrevia este artigo, perguntei a meu filho:“ Quantos abraços por dia você gosta? ”Ela disse:“ Eu não vou para te dizer quantas eu gosto, mas é bem mais que oito. ”Isso realmente me fez sorrir e tocou meu coração. E percebi como é orgânica e profunda a necessidade de abraços.

 

 

A terapia do abraço não é apenas para os solitários ou para os que se sentem machucados; é para todos. Abraço é para todo o mundo. Nada acontece de uma hora para outra. Tudo tem o seu tempo, devemos respeitar cada um e o seu tempo, pois, para alguns, abraçar é muito difícil, precisa ser construída a confiança, respeitar as mensagens verbais e não-verbais do outro.

Uma boa saída para isso; (o abraço é democrático), porque não perguntar? “Eu gostaria de lhe dar um abraço”. A dádiva do toque é extremamente importante, assim como é importante a dádiva da aceitação!

Assuma a responsabilidade de expressar aquilo de que você precisa e a forma como você quer receber. Culpar os outros por não estarmos conseguindo deles o que precisamos é um erro comum que cometemos em nossos relacionamentos. Algumas pessoas são naturalmente sintonizadas e intuitivas com o respeito às necessidades e ao bem estar dos outros. Mas a maior parte de nós; especialmente se estivermos ocupados, preocupados com nossas próprias inseguranças; precisa de comunicação direta, explícita. Se quisermos abraços diferentes do habitual de que recebemos; precisamos dizer…

 

Então, precisamos estar dispostos a conciliar, bem como a entender que não receberemos sempre exatamente o que queremos quando queremos. Para evitar esses conceitos reprimidos de nossa própria sociedade e até de nossa criação, vamos criar, ensinar, libertar nossas crianças de qualquer preconceito, abraçando-as com freqüência, afetuosamente, oferecendo apoio, estímulo, amor, brincando e com muita suavidade, naturalidade e respeito; com certeza será um adulto mais livre; aceitável, mais seguro para dar e receber.

Se toquem, se abracem, se aceitem:
– Abraço de Urso: Pais e filhos, avós e netos, casais e amigos ….
– Abraço Padrão: Tia avó que não vê há muito tempo; marido do chefe de sua mulher, uma nova vizinha ou moradora……
– Abraço de rosto colado: amigo ou parente mais velho que está sentado, casamentos ou formatura (esse abraço com freqüência tem conteúdo espiritual).
– Abraço sanduíche: Três bons amigos, um casal que pretende consolar alguém, dois pais e uma criança (de qualquer idade)…
– Abraço relâmpago: para desejar sorte a alguém antes de uma apresentação, no trabalho …..
– Abraço grupal: grupos de crescimento, de apoio, colegas de classe….
– Abraço do fundo do coração: em amigos (em forma universal). Com uma longa história de caminhos que se cruzam; ligados por experiências e uma forte emoção
comum. Pode prolongar-se por vários momentos, afastando todas as distrações.

 

Benefícios da Terapia do Abraço

Diminuição de riscos de doença cardíaca;
Redução do nível dos hormônios do estresse;
Ajuda no controle da ansiedade;
Fortalecimento do sistema imunológico;
Liberação de oxitocina, o hormônio da felicidade.

Vale destacar que a Terapia do Abraço não é algo que deva ser aplicado somente em situações ruins. Se você se sente bem e tem energia boa para compartilhar com quem está ao seu redor, abrace. Outro fator importante: a Terapia do Abraço é indicada para todas as idades; adultos e crianças de todas as idades podem desfrutar destes e outros benefícios.

 Use o espaço abaixo para nos contar a sua opinião sobre a Terapia do Abraço. Se este conteúdo te ajudou de forma positiva, curta e compartilhe em suas redes sociais. Aproveite para dar um abraço cheio de positividade em alguém.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
%d blogueiros gostam disto: