Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

CRENÇAS, VALORES E NIVEL DE PENSAMENTO E SENTIMENTO

CRENÇAS, VALORES E NIVEL DE PENSAMENTO E SENTIMENTO
5 (100%) 7 votos

Crenças limitantes são resultados de interpretações negativas das experiências que vivemos. No momento que nos identificamos com uma situação ou modelo, nossas decisões sofrem influências daquele padrão, impedindo a mudança de paradigmas.

Por mais que achamos que presenciamos a realidade, ela é constituída através do nosso sistema de crenças e valores. A realidade em si é percebida através das informações que obtivemos durante nossa trajetória.

 

Significado de Crenças e Valores

 

 

O que são Crenças? São opiniões adotadas com fé e convicção.

O que são Valores? São as normas, princípios ou padrões sociais aceitos ou mantidos por indivíduo, classe, sociedade; etc.

A partir do entendimento que percebemos a realidade através de como interpretamos nossas experiências, podemos investigar através do Autoconhecimento, e nos conscientizar que um comportamento negativo tem por trás, um condicionamento mental gravado, e reforçado a cada vez que nós confirmamos a crença como verdadeira.

 

A criação dos pais interfere nas crenças e valores dos filhos

 

 

 

Sofremos condicionamentos desde a infância por parte dos pais, com o método de educação ensinada com base nas suas próprias experiências de vida.

Isso é natural e inevitável, pois eles querem transmitir o que julgam correto na visão de suas crenças. Muitas vezes os pais criam seus filhos baseado no medo, ameaça, e com crenças limitantes em relação a vários fatores na vida. A distorção é criada a partir da identificação com essas informações vivenciadas.

Acredita-se que todos nós temos o nosso sistema de crenças, ou seja, a nossa programação, e a boa notícia, nós que podemos mudá-la ao longo de nossas vidas.

 

Os fatores externos e experiências reforçam as crenças limitantes

Durante nossa trajetória, buscamos referências em nossas experiências, como forma de nos moldar na melhor maneira ao ambiente que vivemos, e da maneira mais confortável possível, nos alinhando com a sociedade e seu padrão de consumo, controle, trajes, maneiras de se expressar, e crenças sobre diversos assuntos.

Tudo isso é uma adaptação que fazemos ao ambiente de forma muitas vezes inconsciente, e aí que mora o problema. O discernimento sobre o que devemos aceitar como “verdade” definirá o limite que podemos alcançar em todas as áreas na vida.

 

A dificuldade na percepção das crenças limitantes

 

 

A maior dificuldade em identificar as crenças limitantes que nos movem, são a auto sabotagem, vitimização, e a defesa do Ego, que tenta lhe provar que seus pensamentos e sentimentos destrutivos são corretos e engessados em sua personalidade.

Portanto, é essencial que se identifique a raiz das crenças limitantes e como alterá-las para que sua realidade seja transformada.

Se uma pessoa acredita que o mundo é perigoso e que está cada vez pior, esse cérebro vai buscar mais e mais informações sobre mundos perigosos e cada vez piores.

Histórias de assaltos, mortes inesperadas, injustiças, contendas, desamparo, abandono provavelmente farão parte do meu cotidiano e, possivelmente, acontecerão comigo porque um sistema de crenças se valida o tempo inteiro se alimentando dessa validação.

Porque esse é o sistema de crenças que filtra as possibilidades que essa pessoa recebe todos os dias da vida dela. Ele faz isso para nos entregar o que desejamos, afinal de contas, por que em sã consciência uma pessoa focaria sua atenção no que ela não deseja vivenciar?

É como se essa pessoa dissesse: traga-me cada vez mais disso.

 

Como mudar o sistema de crenças?

 

Mas o sistema de crenças é como um emaranhado de fios, ou melhor como uma bacia hidrográfica. São crenças que se encontram e esbarram nas outras numa corrente de idas e vindas.

Primeiro passo: Observar.

O primeiro passo para a mudança é a observação é o que eu chamo de levar luz ao sótão.

Segundo passoQuestionar.

Exemplo: se você escreveu que homens são todos iguais, questione: será que homens são todos iguais mesmo ou é a sua crença que está filtrando e atraindo experiências iguais com homens diferentes?

Terceiro passo: Agir.

Se você descobriu que o seu sistema de crenças está mais te limitando e até mesmo, quem sabe, prejudicando do que te trazendo valor, é a hora de agir ao contrário para mudar o padrão e consequentemente mudar e curar sua vida.

 

O QUE AFETA A NOSSA FREQUÊNCIA DE PENSAMENTO E SENTIMENTO?

 

 

O homem também é feito de átomos, então, você tem elétrons e nêutrons, que têm polaridade negativa, mas podem ser alterados para prótons, que tem polaridade positiva. Assim como a ciência demonstra que há leis físicas que podem ser observadas e quantificadas em determinado campo, há leis similares em outros campos, mesmo que não possam ser quantificadas nos tempo atuais. Pode-se ver, portanto, que a lei da atração não é um termo fantasioso ou uma mágica esotérica. É uma lei da natureza, segundo a qual cada átomo do seu ser está constantemente respondendo, quer você saiba disso ou não.

Cuidar da sua frequência vibracional é salutar para sua saúde física e mental. Para isso, é necessário compreender o que afeta essa frequência. Vou repassar a você, uma lista de coisas que afetam a sua frequência vibracional.

 

OS SEUS PENSAMENTOS

 

Todo pensamento que você possui emite uma frequência para o Universo e essa frequência retorna para a origem, no caso, para você! Então, se você tem pensamentos negativos, de desânimo, tristeza, raiva… isso tudo vai voltar para você. Por isso é muito importante que você cuide da qualidade dos seus pensamentos e aprenda a cultivar pensamentos mais positivos.

 

COMO ELEVAR O NOSSO NÍVEL DE CONSCIÊNCIA MUDANDO AS NOSSAS CRENÇAS?

 

 

Conforme elevamos o nosso nível de consciência, contribuímos cada vez mais para a qualidade espiritual da mente global. Portanto, o nosso maior serviço à humanidade é, paradoxalmente, o desenvolvimento da nossa própria consciência, segundo a tabela do Dr David Hawkins.

Voltando à ciência moderna e aos seus sistemas de numeração, juntamente com a preferência de hoje para resumos explicativos muito práticos.

Um indivíduo com um nível mais alto de consciência compensa o peso de muitos, muitos indivíduos que estão abaixo do nível crítico de 200. Abaixo do nível 200 estão os campos de atração da vergonha, culpa, apatia, aflição, medo, desejo, raiva e orgulho. Bem no nível 200 crítico vem a coragem e a sua habilidade para fortalecer o ego, para retirá-lo da condição de vítima inerente às mais baixas frequências.

A um nível de 300, uma pessoa elevou-se acima de muitas emoções de conflito para alcançar um certo estado de não-julgamento e sentir otimismo. Ao nível de 300, uma pessoa, dentro da mente global, compensa o peso de um total incrível de 90.000 pessoas que estão abaixo do nível 200. Tal é o poder de estados mais altos de consciência.

A um nível de 400, o indivíduo alcança uma atitude um pouco mais harmoniosa que traz aceitação e perdão. Além disso, ele ganha um raciocínio mais aperfeiçoado que traz compreensão e significado para a vida. Este não é um nível difícil de alcançar. Por exemplo, a perseguição do objetivo de um ensino superior e de uma profissão funciona ao nível 400, onde uma pessoa compensa o incrível peso de umas 400.000 pessoas que estão abaixo do nível 200.

Para alcançar o nível de 500, uma pessoa precisa de estar espiritualmente consciente. A este nível, o amor incondicional e o perdão incondicional ficam mais vivos e bem mais encaixados na nossa realidade. Aqui, uma pessoa contrabalança 750.000 pessoas que são abaixo do nível 200.

Quando uma pessoa praticou meditação longa e diligentemente o suficiente para atingir consciência de felicidade ao nível 600, ela está, naquele momento, contrabalançando 10 milhões de pessoas abaixo do nível 200.

Será preciso uma razão mais forte para desenvolvermos as nossas faculdades interiores? Veja apenas o nível maravilhoso de serviço que cada avanço no nível de consciência traz ao nosso mundo. E tudo isto apenas por ser o que se é, e por aquilo em que nos podemos tornar. Antes mesmo de começar a ajudar as pessoas fisicamente, ajudemos a fazer do mundo um lugar melhor através do nosso apoio e ação direta. Este nível maravilhoso de serviço é o efeito direto do nosso nível de consciência num mundo que tem sentido uma enorme fome, por tanto tempo, de pensamento espiritual e de energia espiritual.”

 

A tabela abaixo sobre a frequência dos nossos pensamentos e sentimentos

 

 

Vejamos como vibra cada sentimento e como ele influencia na forma em como estamos criando a nossa realidade:

VERGONHA: vibrando apenas 20 Hz, é a vibração mais baixa que um ser humano emite. A vergonha impede tomada de decisões, convivência social, não tendo experiências na vida, o que dificulta o aprendizado, a evolução e a tomada de ação, porque não se sabe o que dá certo e o que não dá.De forma mais amena, manifesta-se como timidez. E em um nível extremo de vergonha, a pessoa quer desaparecer, sentindo ódio de si mesmo.

CULPA 30 Hz: vibração um pouco mais alta que a vergonha, pois, para sentir culpa, a pessoa precisa agir. Pessoas assim criam muito pouco, fazem papel de vítima, culpando tudo e a todos por não conseguir ter sucesso em suas pretensões. Nunca inova, vive do passado. A religião para esse tipo de pessoa, alimenta nela o sentimento de que são pecadores.

APATIA 50 Hz: perda da esperança e vitimização. Característica dos sem teto. As pessoas nesse estado não conseguem agir perante o que a vida apresenta.

DOR/SOFRIMENTO 75 Hz: tristeza extrema, principalmente diante de perdas. Vibra mais que a apatia, pois o sofrimento transforma as pessoas e lhes tira do estado apático.

MEDO 100 Hz: as pessoas com medo se sentem inseguras diante das questões da vida, tudo se torna perigoso. Podem ter paranoicas, ficam preocupadas e estressadas. Muitas vezes, necessitam de ajuda para superar e lidar com esses medos e sair dessa situação. Medos são crenças limitantes, que geram falta de qualidade de vida.

DESEJO 125 Hz: nesse nível a pessoa é materialista ao ponto de nunca estar feliz com o que tem. Alimenta vícios e luxúria. É consumista, enquanto não compra o que quer fica impaciente e ansiosa. Somos nós que escolhemos qual efeito as coisas físicas terão sobre nós, podem ser boas ou ruins. Temos que ter equilíbrio.

RAIVA 150 Hz: é um sentimento de frustração, que pode ficar escondido em nosso interior ou ser exposto num momento de fúria, que também causa culpa, vergonha e mal-estar, pois, sempre após perder o controle, o indivíduo sente-se mal, por não ter conseguido controlar os sentimentos. Quando a raiva fica guardada dentro de si, acumula-se e chega num ponto onde um “mosquito vira um boi”, causando uma “explosão”. O ideal não é guardar a raiva e sim tentar canalizá-la em outras coisas, como sair ao ar livre para fazer exercícios físicos, por exemplo.

ORGULHO 175 Hz: esse é o estado de consciência predominante da humanidade atualmente. Dependente de circunstâncias externas (dinheiro, poder, fama, etc). É o estado que leva ao nacionalismo, racismo e guerras religiosas. Um ataque às suas crenças, vira um ataque pessoal.

CORAGEM 200 Hz: nesse estado o ego ainda existe, mas já se começa a ver uma vida fora de si, pensando mais nos outros. O otimismo prevalece e a espiritualidade começa a aflorar.

NEUTRALIDADE 250 Hz: nível de sistemas onde nossas crenças são flexíveis, tornamo-nos desapegados e mais felizes. Aconteça o que acontecer, você estará firme em sua posição. Perde-se a necessidade de provar. Você se sente seguro e convive muito bem com outras pessoas. É um estado confortável.

DISPOSIÇÃO 310 Hz: neste nível, você começa a usar sua energia de forma mais eficaz. Começa a colocar em prática as ideias, não existe mais reclamação de quase nada. Aqui começa a acabar a entropia. A vida fica mais organizada.

ACEITAÇÃO 350 Hz: mudança verdadeira, elimina-se crenças antigas. Vive proativamente pois sua energia aumenta. No nível da aceitação você se torna competente e aqui você quer utilizar suas habilidades para fazer algo bom. É aqui que você define e alcança metas. Começa a entender que tem um papel a mais no mundo e quer fazer a diferença. Já consegue perdoar facilmente.

RAZÃO/CONTEMPLAÇÃO 400 Hz: Hawkins define este nível como o nível da medicina e da ciência. Consciência dos mestres, onde se é desapegado de tudo. Enxerga o mundo como um todo conectado, não existe mais sofrimento por coisas externas, não vive mais na matrix.

AMOR 500 Hz: não existe mais o ego, somente o amor incondicional, onde tudo que se faz é por um bem maior. Hawkins diz que esse nível é alcançado apenas por uma em 250 pessoas durante todo o seu tempo de vida. Uma parcela mínima como 0,0001% vive nesse estado.

ALEGRIA 540 Hz: estado de felicidade inabalável. A Alegria é o maior estado de consciência que o ego pode atingir. Começa o desapego com a vida. Nível onde estão mais avançados na espiritualidade. A energia dessas pessoas é radiante e é muito bom estar perto delas. Expansão de consciência. A pessoa age através de sua intuição, que é muito forte.

PAZ 600 Hz: total transcendência. Hawkins diz que esse nível só é alcançado por uma pessoa em 10 milhões.

ILUMINAÇÃO 700 Hz: “É a união do ser com o todo”. O fim do individualismo. O fim do eu. Fim do ego. O homem transcendental. Extremamente raro. Só o fato de pensar sobre pessoas desse nível pode fazer com que você aumente seu nível de consciência. É aqui que acontece o estado da “Consciência Elevada”, também conhecido como “Super Consciência”. Você vê o mundo como ele realmente é. Indescritível.”

Além disso, Hawkins descobriu que o nível de consciência de 200 é um nível crítico.

Uma média global de 200 ou mais é necessário para sustentar a vida neste planeta, sem que ele afunde em uma eventual autodestruição. Desde meados dos anos 80, ele informa que a média global da humanidade na sua escala, subiu um pouco acima do nível 200 crítico. Isto, é claro, representa outra descoberta que confirma a existência de uma mudança em curso no nosso nível de energia.

Quando mudamos os nível de pensamento e sentimento, mudamos toda a nossa estrutura física, mental e consequentemente a nossa vida.

 

 

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
%d blogueiros gostam disto: