Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

VOCÊ SABE MEDITAR DA FORMA CORRETA?

VOCÊ SABE MEDITAR DA FORMA CORRETA?
5 (100%) 5 votos

Meditar é uma das melhores maneiras de acalmar a ansiedade e diminuir problemas relacionados ao estresse do dia a dia. E a prática é bem mais simples do que muitas pessoas costumam imaginar. Neste artigo,  algumas dicas e aprenda a realizá-la em casa e com toda a tranquilidade.

Sobre meditar, bastaria dizer que não tem que entender; tem que sentir e estar presente, em silêncio, sem desejo, ou expectativa de chegar a algum lugar, ou de melhorar, se consertar, ou se iluminar. Sem participar dos conteúdos da mente, sem julgar. Ficar indiferente a eles. Apenas ser e estar em si, em seu centro. Sem atividade da sua mente.

1. Procure o local certo

Procure um lugar somente para a meditar, que seja longe de poeira, vento, insetos e principalmente de barulho e qualquer tipo de distração.

 

 

2. Postura correta

Muitas pessoas costumam acreditar que a única forma de meditar é sentado com as pernas cruzadas.

Na verdade o importante é manter a coluna ereta, relaxar e ficar sempre confortável. Isso pode ser feito até mesmo deitado, com a barriga para cima.

 

3. Respiração correta

É preciso prestar muita atenção na forma como se respira e manter a concentração nela. Procure inspirar por quatro segundos e expirar pelo mesmo tempo.

 

4. Escolha um horário bom para você

 

Não há uma regra sobre o horário ideal para  meditar. Isso é algo relativo, que varia de acordo com cada um.

Muitas pessoas preferem meditar antes de dormir, para aliviar a ansiedade e desligar a mente da rotina do dia, tendo uma noite de sono mais tranquila.

Mas muitos outros preferem meditar assim que acordam, buscando começar o dia já com bastante calma e positividade.

 

5. Olhos

Um dos pontos mais importantes de meditar é a concentração. Procure meditar com os olhos fechados, para evitar a distração com outras coisas do ambiente.

Mas caso seja difícil manter-se acordado com os olhos fechados, faça a meditação com eles abertos, para evitar o cair no sono.

 

6. Pensamentos

Algumas pessoas acreditam que meditar é não pensar em nada, mas isso é algo impossível de ser feito.

Esteja presente e atento a si para não se perder em devaneios da mente. Pensamentos vão surgir o tempo todo, é normal, nossa mente é viciada em conteúdos, não brigue com eles ou tente forçar para não pensar, não acrescente ou participe do que vai surgindo. Apenas seja um espectador. Não crie expectativas, isto irá gerar ansiedade e tensões em sua mente.

O que acontece, na verdade, é que o pensamento na hora de meditar deve ser o mais leve possível, fugindo das lembranças que remetam a ansiedade, tristeza, entre outros pensamentos.

Mas não há problema se pensamentos aleatórios surgirem. Tente manter o foco na respiração e se concentre nela.

Outra técnica para manter o foco é visualizar um quadro branco, um balde sendo derramado ou uma folha caindo de uma árvore, mantendo sempre a concentração neles.

 

7. Duração

Também não há uma regra certa para o tempo ideal para meditar. Faça enquanto estiver prazeroso e for suficiente para acalmar e aquietar os pensamentos e sensações. Ao longo do tempo, procure aumentar a duração.

 

8. Esteja com o estômago relativamente vazio

Meditar com o estômago muito cheio pode dar muito sono, o que irá atrapalhar a meditação. Mas tentar praticar o exercício com fome também irá tirar a concentração. Busque praticá-lo duas horas após se alimentar.

9. Faça exercícios de concentração

Muitas pessoas têm dificuldade de manter a concentração durante a meditação. Uma das formas de ajudar no processo é ouvir alguma meditação guiada ou músicas para meditação.

Veja também: Exercícios para acordar o cérebro

 

10. Assimilando os resultados de meditar

Assim que a meditação for finalizada, passe um tempinho parado, antes de começar as atividades do dia para que os resultados possam ser melhores assimilados.

 

Lembre-se

 

  • Não se esqueça de colocar o celular no modo silencioso.
  • Ouvir músicas suaves ajuda a relaxar mais.
  • A meditação não funciona como um passe de mágica; ela é um processo contínuo. Continue a praticar todos os dias e você perceberá aos poucos um estado de calma e paz se desenvolvendo internamente.
  • Meditar antes de dormir ajuda o cérebro a começar a se desligar e faz com que você se sinta mais relaxado.
  • É comum se concentrar na respiração e entoar mantras como o OM, mas se preferir ouvir música ao meditar, escolha apenas as mais calmas. Uma música pode ser tranquila no início, mas depois mudar e virar um rock no meio – isso não é apropriado, pois interrompe o processo meditativo.
  • A frustração é uma reação esperada nesta situação. Entenda e saiba lidar com isso – ela ensina muito sobre você mesmo, tanto quanto o lado mais pacífico da meditação. Deixe pra lá e torne-se um ser unificado ao universo.

 

Benefícios da meditação

 

A prática constante da meditação ajuda a diminuir a ansiedade, aumenta a estabilidade emocional, criatividade e alegria, desenvolve a intuição, melhora o humor e o sono e promove um maior relaxamento para a mente.

Além de trazer inúmeros benefícios para a mente, a meditação também ajuda no físico, ajudando a diminuir a pressão sanguínea, diminuindo dores relacionadas às tensões, como dores de cabeça e musculares, aumenta a produção de serotonina e fortalece o sistema imunológico.

A meditação desacelera ou previne o declínio natural da estrutura do córtex relacionado com a idade, com significativa melhora na aprendizagem, memória, controle das emoções, empatia, compaixão, confiança no futuro e estresse.

 

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
%d blogueiros gostam disto: