Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

AS LEIS DA ESPIRITUALIDADE E O AMOR AO PRÓXIMO

AS LEIS DA ESPIRITUALIDADE E O AMOR AO PRÓXIMO
5 (100%) 11 votos

O QUE É ESPIRITUALIDADE?

Quando alguém se define como um “religioso” é um termo muito genérico. Utilizando o Catolicismo como exemplo, ou também pode ser o tal do católico não praticante, que é aquela pessoa que se define como seguidora do Catolicismo, mas que não pratica muitos de seus ensinamentos e orientações.

Em muitos países que possuem uma relação mais dogmática com o Catolicismo (Espanha, Portugal e Itália, por exemplo), aqueles que se definem como católicos não praticantes seriam vistos como pessoas sem religião, mas como não é o nosso objetivo julgar quem é adepto disso ou daquilo, vamos a um aspecto muito mais subjetivo da relação humana com Deus: a espiritualidade.

De acordo com uma das diversas explicações sobre o que é a espiritualidade, uma que retrata bem é a que define ela como uma propensão humana a buscar significado para a vida por meio de ideias que transcendem o tangível, à procura de um sentido de conexão com algo maior que si próprio (divino), podendo ou não estar ligada a uma vivência religiosa.

A espiritualidade é algo muito além do que qualquer livro, obra literária ou ensinamento que alguém transmitiu a você, mas sim um sentimento que está presente dentro de nós. “Eu sinto que isso é o certo a se fazer, não sei o porquê” é um tipo de pensamento que retrata bem a nossa relação com a espiritualidade.

Dizem que há um breve momento na vida em que você se sente mais perdido do que nunca e que esse é o momento de um encontro. Um encontro consigo mesmo, com seus abismos, com seus medos, com sua alma.

A espiritualidade vai além do material e do terreno. Não é uma religião nem uma doutrina, a espiritualidade é cuidar e mimar o nosso interior, deixar que nosso coração salte os abismos criados pela nossa mente e cultivar nossos valores humildemente.

Dizem que se este texto chegar em suas mãos, não é por mera casualidade, mas porque há algo que você precisa compreender. Estas são as quatro leis da espiritualidade da filosofia Hindu.

 

A pessoa que chega em sua vida sempre é a pessoa correta

 

 

Cada pessoa que passa pela nossa vida é única. Sempre deixa um pouco de si mesmo e leva um pouco de nós. Haverá aqueles que levam muito, mas nunca haverá alguém que não deixe nada. Essa é a prova evidente de que duas almas não se encontram por acaso.

Ninguém chega por acaso em nossas vidas. Todas as pessoas que nos rodeiam estão aí por algo, até mesmo as pessoas tóxicas. Em cada troca e em cada momento, todos contribuímos com algo.

Vivemos num mundo cheio de tons de cinza. Nem todos somos sempre alunos ou sempre professores. Cada um de nós contribui com algo positivo, mesmo que seja através de um traço negativo, como, por exemplo, algo que não suportamos ou que nos faz mal.

As pessoas são sempre lanternas na escuridão. Há pessoas mais representativas que outras, mas todas, sem exceção, têm algo a dizer. Por essa razão, com tempo nós começamos ser gratos pelas pedras do nosso caminho… assim como por alguém que nos complicou a vida em determinado momento ou que nos apoiou fielmente.

Tudo, absolutamente tudo, soma na vida. Essa é a razão pela qual devemos ter uma boa predisposição para os demais e não menosprezar nenhum aprendizado.

 

 O que acontece é a única coisa que poderia ter acontecido, segundo a espiritualidade

 

 

Nada do que ocorre em nossas vidas poderia ser de outra forma. No momento em que aconteceu o que aconteceu, essa coisa já é a única que poderia ter acontecido. O que nos acontece é o que tem que acontecer, é o adequado em cada momento e através do que temos que extrair um significado.

Estamos acostumados a pensar no que poderia ter acontecido, em criar situações hipotéticas nas quais agiríamos de outra forma e, como consequência, obteríamos outro resultado.

Cada mudança gera situações imprevisíveis, por isso devemos aceitar o que acontece e não há outra possibilidade. O que está feito, está feito. Cada um de nossos comportamentos vai gerar, ao nosso redor, uma cadeia sequencial de acontecimentos que marcam nosso caminho.

Não devemos nos amargurar com o que poderíamos ter feito e não fizemos; cada coisa tem seu momento e leva seu tempo para assumir os aprendizados necessários. Como dizem, você não pode correr uma maratona se antes não caminhar, e não pode caminhar se antes não engatinhar. Definitivamente, não podemos evitar dar os passos necessários na vida.

 

Qualquer momento em que algo começa é o momento correto

 

 

O que começa, sempre começa no momento adequado, nem antes nem depois. O novo em nossa vida aparece porque nós o atraímos e estamos preparados para vê-lo e aproveitá-lo. Compreendendo isso, aceitaremos que, quando a vida coloca algo em nosso caminho, temos que desfrutar desse algo.

 

Quando algo termina, termina

 

Deixe fluir, não se prenda a nada nem a ninguém; tudo tem seu momento em nossas vidas e também tem um porquê.

Costumamos estar presos a uma quantidade interminável de histórias e emoções. Dizer adeus dói, mas quando algo termina, manter esse algo ao nosso lado é um exercício de masoquismo que vai gerar um grande mal estar e múltiplas dependências e inseguranças.

Seguir adiante e avançar é a melhor opção para enriquecer a si mesmo e não sofrer. Lembre-se de que a pessoa mais influenciável com quem você fala diariamente é você mesmo. Tenha cuidado, então, com o que você diz a si mesmo e deixe a vida fluir.

Entre as principais características da espiritualidade, seguem abaixo cinco que definem com mais ou menos exatidão, dependendo de cada pessoa, esse sentimento presente de variadas maneiras em cada um de nós:

 

Amor ao próximo

 

Ter empatia com os outros e transmitir ao mundo aquilo que você gostaria que todos compartilhassem com você. Existem variadas maneiras de fazer o bem, mas a forma de amar ao próximo é única.

 

Honestidade

É muito fácil vigiar a corrupção do outro, porém é mais difícil vigiar nossos próprios atos. A honestidade presente somente no discurso é hipocrisia.

 

Independente de sua religião, você não precisa de respostas para tudo. Acredite até o fim nos seus princípios morais e que tudo dará certo. Você materializa aquilo que você tem fé.

 

Paz

“O homem quando tá em paz não quer guerra com ninguém”, já diz o trecho de uma música. Através da diplomacia e a comunicação, busque conciliar os seus amigos e também aqueles que se dizem seus inimigos

 

Hábitos saudáveis

 

Realize e aplique em sua rotina hábitos saudáveis, que vão desde a alimentação, exercícios físicos e também pensamentos benéficos.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
%d blogueiros gostam disto: