Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

10 CARACTERÍSTICAS DE PESSOAS QUE ESTÃO BEM SOZINHAS

10 CARACTERÍSTICAS DE PESSOAS QUE ESTÃO BEM SOZINHAS
5 (100%) 7 votos

 

 

As pessoas que estão bem sozinhas têm estas dez características

 

Há pessoas que preferem confiar em suas próprias forças, que tendem a passar o tempo agradavelmente sozinhas: não que elas sejam antissociais, mas elas são capazes de se sentirem bem mesmo sozinhas. Segundo os especialistas, aqueles que estão bem na solidão aceitam a si mesmos como são e não precisam se sentir realizados através dos outros.

Se você é uma das pessoas que preferem ficar sozinhas e até mesmo tem um círculo de amizade pequeno, certamente você já ouviu o termo “anti-social” ou “solitárias”. Pessoas assim são vista como indivíduos sozinhos ou depressivos.

Mas diferente do que muitos acreditam, eles não estão sozinhos. A realidade é que eles estão na companhia de si próprios e isso faz com que se sintam realizados. É exatamente por esses motivos que eles preferem ficar sozinhos. E foi pensando nisso que nós da Fatos Desconhecidos trouxemos os traços de personalidades de pessoas que gostam de ficar sozinhas.

1. Valorizam o tempo: as pessoas solitárias sempre estarão no horário. Eles detestam aqueles que não valorizam a pontualidade e aqueles que tentam zombar deles com um pedido de desculpas pelo atraso. O tempo é precioso e desperdiçá-lo é um sinal de desrespeito.

 

2. Eles estão cientes de seus humores: muitas pessoas ficam com medo quando estão de mau humor ou, quando estão felizes, precisam dizer ao mundo. Uma pessoa que está confortável com si mesmo está sempre ciente do humor que tem e se aceita por aquilo que ele é. Não faz nada para mudá-lo, mas navega através dele.

 

3. Eles sabem que não são perfeitos: os solitários se conhecem bem, sabem quais são os pontos fortes e fracos que os distinguem. Eles não têm interesse em parecer impecáveis ​​porque sabem que ninguém é.

 

4. Eles têm uma intuição poderosa: aqueles que são capazes de se sentir bem consigo mesmos têm uma intuição poderosa que pode fazê-los tomar a decisão certa, mesmo sem a opinião dos outros. É um presente inato, que nem todos possuem. Aqueles que não o têm tendem a confiar fortemente nas indicações de outras pessoas.

 

5. Eles são gentis e compassivos: por alguma razão, alguém que passa muito tempo sozinho também é uma pessoa gentil e educada. Talvez porque valorize os relacionamentos, sabendo que na vida apenas alguns são verdadeiros e autênticos.

6. Não dependem de ninguém: os solitários têm sede de liberdade e não têm medo de enfrentar momentos difíceis sozinhos. Embora possam estabelecer laços sólidos com outras pessoas, nunca perderão a independência que os distingue. Eles estarão sempre prontos para sobreviver por conta própria.

 

 

7. Eles conhecem seus limites: muitos problemas estão associados ao não conhecimento de seus limites. As pessoas solitárias sabem muito bem qual é o ponto de não retorno, e é por isso que elas parecem sempre ter o controle de si mesmas: porque elas o têm.

 

8. Eles têm uma mente aberta: embora passem muito tempo sozinhos, os solitários têm uma mente muito aberta. Se eles estão sozinhos, isso não significa que eles passem o tempo trancados em suas casas e que não fazem nada. Em vez disso, eles aproveitam sua liberdade total para fazer mil coisas por dia.

 

9. Eles não são o centro das atenções: diferente de pessoas que precisam se sentir o centro de todas as atenções, uma pessoa que prefere ficar sozinha não precisa de atenção. Uma vez que você se torna amigo de uma pessoa assim, ele irá se tornar o amigo mais leal que você terá.

 

 

10. Eles enfrentam os problemas: quando aparecem problemas e desafios, pessoas que gostam de ficar sozinhas nunca fogem ou se desesperam. São pessoas fortes e decididas. Estão preparados para situações e momentos de autorreflexão para achar a solução.

 

Todas as pessoas deveriam ficar sozinhas de vez em quando para estabelecer um diálogo interno e descobrir sua força pessoal. Na solidão, o indivíduo entende que a harmonia e a paz de espírito só podem ser encontradas dentro dele mesmo e não a partir do outro. Ao perceber isso, ele se torna menos crítico e mais compreensivo quanto às diferenças, respeitando a maneira de ser de cada um”.

 

 

Estar sozinho não é algo que deva ser temido e sim, aproveitado. A ideia de que seremos completos ao encontrar outra pessoa (ou alma gêmea, como muitos chamam) não deve ser encarada como única alternativa para que se alcance a felicidade e a plenitude em nossa existência. Somos responsáveis pela nossa felicidade. Somos donos de nossas vidas. Assim como não é nosso papel cuidar da existência alheia, não cabe aos outros cuidar da nossa própria vida.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
%d blogueiros gostam disto: